Atenção!A página impressa é diferente da página exibida na tela do computador.
Feito!
Erro!
Logo 16590-214

Husqvarna está de volta

Voltar ↖Seguir ↘
Notícia publicada em:08/07/2015 09:44

Husqvarna está de volta
Clique para ampliar a imagem ^
Husqvarna está de volta

por motonline

 

A marca viveu dias atribulados, apesar de ter uma história que lhe traz honras, por conquistas que não faz par com muitas outras marcas, de qualquer outro segmento. A Husqvarna volta às mãos de pessoas apaixonadas e competentes, para levá-la de volta ao status que merece.

Por causa de crises, de altos e baixos na economia, das mãos dos fundadores escandinavos passou para a Cagiva, e dos italianos para a BMW. Passou a ser ainda cogitada pela VW e Audi. Mas essa categoria de motos exige conhecimentos e abordagem mercadológica diferentes, e então, finalmente foi comprada por Stefan Pierer, que é quem controla as marcas Husaberg e KTM. Conseguiu o feito de concentrar atualmente, as maiores marcas de motocicletas fabricadas específicamente para o mercado off-road. Stefan Pierer é um grande estrategista de mercados.

Na fazenda dos irmãos Fernandes em Votorantim, foram apresentadas as motos aos jornalistas
Carlos (Carlãozinho) Coachman da The Factor – apresentou as motos
 

 

No caso das Huskies, a maior invasão aconteceu no mercado norte americano nos anos 70 quando a Husqvarna passou a competir e ganhar a maioria das corridas de Cross-country, Motocross e Enduro que ocorria naquele país, as vendas explodiram.

No Brasil ela foi representada pelo Grupo Izzo, quando estava ainda sob o controle dos italianos. Estabilizada a produção na planta da KTM, as Husqvarnas se apresentam agora aos brasileiros, com a representatividade do nome e experiência dos irmãos, Maurício e Raul Fernandes que administram as concessionárias Power BMW e Triple Triumph. São dois jovens apaixonados pelo esporte que já apresentam grandes feitos.

Apresentando todos os modelos prontos para sair para as pistas de motocross e cross country
As motos Husqvarna contam com tecnologia KTM mas de fato, estão sendo posicionadas para um público mais especializado, com um produto um pouco acima do que oferece a KTM em termos de equipamento. As motos de série da KTM recebem componentes de bom custo-benefício, mas que não se adaptam perfeitamente, com a alta tecnologia necessária para ter competitividade, como com os componentes especiais. Até por isso, a própria KTM oferece como opcionais toda uma série de equipamentos especiais, para competição de alto nível. As Huskies já estão preparadas, com esses equipamentos especiais, e com as cores, branco amarelo e azul.

Algumas modificações superam até as melhores KTM, como as balanças conectadas aos amortecedores traseiros, por meio de links, e bengalas WP 4CS. No caso das Husaberg a especialização vai ainda mais além, com preços e equipamento de ponta, mas podem ser importadas apenas de forma independente.


Husqvarna FC 250
Nos motores, as palhetas Boyesen, dão mais “punch” nos modelos dois tempos, 250 e 300. e nas 4t o sub-chassi traseiro é feito de compósito, mais leve e resistente, alem da balança com link e bengalas 4CS.

Husqvarna FC 350
Na fazenda da família Fernandes, em Votorantim, os dois irmãos ofereceram uma grande festa aos jornalistas especializados. Choveu a semana inteira e no sábado (04/07/15) a garoa e o frio não deram trégua. Mas para os apaixonados isso serviu como a cereja no bolo. Tanto a pista de motocross como a de cross-country se tornaram um grande desafio que só com motos dessa categoria se poderia transpor. Isso ficou muito claro, muito mais do que se as condições fossem favoráveis. As motos se mostraram excelentes ferramentas para competir, cada uma na sua especialidade.

Maurício Fernandes e a TE-300 – para os fãs, dois tempos é para sempre
São oito os modelos 2016, sendo cinco para Enduro e três para Motocross que chegam agora ao Brasil e as primeiras unidades importadas já estão no fim:

TE 250  e TE 300 (T= two stroke, E = Enduro);

FE 250, FE 350, FE 450 (F= four stroke, E=Enduro);

FC 250, FC 350, FC 450 (F= four stroke, Cross)


As motos estão à venda nos revendedores: Casa de máquinas – Porto Alegre, RS. VM Racing – Chapecó, SC. – Eriton Motos – Maringá PR. Power Husqvarna –  São Paulo, SP. Mult Racing – Ribeirão Pires SP, Máster Racing – Franca, SP. Herbert Motos – Itajubá, MG. BH Husqvarna – Belo Horizonte, MG. Tribo Motos – Uberlândia, MG. Pro Race – Brasília, DF. Princesa Off Road – Feira de Santana, BA. Tommaso Racing – Volta Redonda, RJ.

FONTE: MOTONLINE - Não deixem de visitar o site www.motonline.com.br , onde vocês encontrarão muito mais informações, fórum, testride, colunas, tuning / 2&4, testes, técnica, aventurismo, lojas/oficinas, classificados, motoclubes, FAQ e contato
Powered by Ofen Tecnologia da Informação