Voltar ao topo.
logo 16590

BMW revela nova geração DA s 1000 rr, mais leve e mais potente

» Próxima» PrimeiraCategoria:On-Road
ImprimirReportar erroTags:fonte, item, disponíveis, largada, limitador, velocidade, boxes e personalizado450 palavras6 min. para ler
BMW REVELA NOVA GERAÇÃO DA S 1000 RR, MAIS LEVE E MAIS POTENTE - On-RoadVer imagem ampliada
A imagem que vazou semana passada era real e, nesta terça-feira (6), dia de abertura do EICMA, o Salão de Milão, a BMW revelou de forma oficial a nova geração da S 1000 RR, a superesportiva da fabricante alemã. Com um design totalmente reformulado, chama a atenção a substituição do conjunto de faróis assimétricos na dianteira por um conjunto simétrico, em led.


O motor é novo e os números presentes na imagem da semana passada estão confirmados: um quatro cilindros em linha, que desenvolve 209 cv de potência a 13.500 giros e com torque de 11,52 kgf.m a 11.000 giros.


Além de ganhar potência, a moto está mais leve: agora são 197 kg em ordem de marcha, contra 208 kg da geração anterior. Se equipada com o kit adicional `M`, o peso cai para 193 kg.


Segundo o comunicado da fabricante alemã, além de criar uma moto mais veloz, outro objetivo era apresentar uma motocicleta mais amigável em termos de pilotagem, seja no uso cotidiano ou rodoviário, ou nas pistas.


Para tal, a nova S 1000 RR conta com o auxílio da eletrônica. Itens como assistente de partida em subidas e quatro modos de pilotagem ("Rain”, "Road”, "Dynamic” and "Race” como opções padrão). Para os que desejam colocar a motocicleta na pista e procuram um maior nível de preparação, existem os "Pro Modes", com mais três modos de pilotagem (Race Pro 1, 2 e 3), totalmente ajustáveis. Neles, o piloto pode ajustar individualmente itens como o controle de tração, ABS -  que atua também em curvas - e anti-wheelie, além da curva de torque e do freio motor.


Outros itens disponíveis nos "Pro Modes" são o controle de largada e o limitador de velocidade nos boxes, que também pode ser personalizado de acordo com a necessidade. O quickshifter bidirecional é item de série na nova S 1000 RR.


Para dar conta de tanta informação disponível, o piloto da nova superesportiva da BMW conta com um painel TFT colorido de 6,5 polegadas. Além disso, a moto já estará nas pistas em 2019: a fabricante confirmou que vai se envolver de forma oficial no Mundial de Superbike na próxima temporada e terá como pilotos Tom Sykes, campeão do mundo em 2013 com a Kawasaki, e Markus Reiterberger, campeão da Superstock 1000, categoria extinta no fim desta temporada.


"Nosso objetivo era tomar o modelo anterior e aperfeiçoar significativamente o desempenho. Colocamos esse conceito em metas diretas: ser um segundo mais veloz na pista, mais de dez quilos mais leve e fácil de controlar. Essas metas eram a base de cada decisão. O resultado é uma moto fascinante, que superou nossas expectativas e que vai estabelecer novos padrões", disse Claudio De Martino, lider de tecnologia da BMW.


 


Compartilhar página nas rede sociais:
CompartilharCompartilharTweetarCompartilharPin it
Powered by Ofen Tecnologia da Informação